Programação

Você encontra abaixo a programação completa da Jornada Discente.

PROGRAMAÇÃO

14 de outubro/2019 – SEGUNDA-FEIRA

16:30h às 17:45h – Roda de conversa “O início da pesquisa em jornalismo: troca de experiências”
Local: 
Varandão do CCE – Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC)

18h às 19:15h – Palestra de abertura Mídia e processos de criminalização
Local: 
Auditório Henrique Fontes – Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC)
Palestrante: Profª. Drª. Marília de Nardin Budó (CCJ-UFSC)
Mini currículo: Possui graduação em Jornalismo e em Ciências Jurídicas, com doutorado na área do Direito. Suas pesquisas tratam de cobertura sobre segurança pública, mídia e discursos de poder, encarceramento de jovens, criminalidade.  Mais informações: http://lattes.cnpq.br/6586203658704833
Mediação: Jorge Kanehide Ijuim (PPGJor UFSC)

19:15h às 20:30h – Mesa com egressos
Local: 
Auditório Henrique Fontes – Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC)
Drª. Ana Marta Flores
Dr. Hendryo Anderson André
Drª. Miriam Santini de Abreu
Mediação: Gislene Silva (PPGJor UFSC)

15 de outubro/2019 – TERÇA-FEIRA

9h às 11h – MESA 1: Tecnologias e inovações
Local:
Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Cárlida Emerim (PPGJor UFSC) e Ildo Francisco Golfetto

  • Reportagem radiofônica: reconstituição do formato na convergência hipermidiática – Arnaldo Zimermmann
  • Novas tecnologias na produção jornalística: possibilidades de expansão via sistema modular – Frederico Santos Marques de Carvalho Santos
  • Sistema de Mediações Algorítmicas: mediação e recepção no contexto das plataformas digitais – Kérley Winques
  • Um olhar no Jornalismo do Futuro a partir da Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT): prospecções científicas e os desafios nas redações – Marcelo Barcelos
  • A construção do conhecimento a partir da produção e desenvolvimento de newsgames como prática jornalística – Ricardo Aoki
  • Hiperinfografia: como se manifesta a visualização sintética no jornalismo pós-industrial – William Robson Cordeiro

13h às 15h – MESA 2: Reportagem e ética jornalística
Local:
Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Daisi Vogel (PPGJor UFSC) e Rogério Christofoletti (PPGJor UFSC)

  • Políticas de escrita e memória na reportagem contemporânea: histórias da ditadura civil-militar no Brasil em livros de jornalistas – Cândida de Oliveira
  • Prudência moral nas decisões tomadas por jornalistas – Dairan Mathias Paul
  • Os direitos dos animais no jornalismo brasileiro contemporâneo – Daniela Caniçali Martins Pinto
  • O método jornalístico a partir da prática de “repórteres especiais” – Magali Moser
  • Os poderes de afetação e de revelação do acontecimento na cobertura jornalística da tragédia com a Associação Chapecoense de Futebol – Rafaela Taísa Menin
  • Jornalismo vigilante sob vigilância nociva: vulnerabilidades e potencialidades do jornalismo investigativo brasileiro – Ricardo José Torres

15:30h às 17:30h – MESA 3: Jornalismo Especializado
Local: Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Carlos Locatelli (PPGJor UFSC) e Daiane Bertasso (PPGJor UFSC)

  • Comunicações científicas nas rádios universitárias em Portugal, Brasil e Espanha – Paulo Roberto Santhias
  • A cobertura noticiosa dos temas sobre a Ciência do Espaço Sideral – Leoní Serpa
  • Adaptações na programação radiojornalística brasileira e a migração do AM para o FM – Karina Woehl de Farias
  • O micromundo dos jornalistas de dados no Brasil: Trajetórias profissionais e construção de identidade – Patrícia Medeiros de Lima
  • Jornalismo de dados: Desafios no ensino e mudanças nas práticas profissionais – Mariane Ventura
  • Jornalismo e a construção do agronegócio brasileiro – Suelyn Cristina Carneiro da Luz

18:30h às 20:30h  – MESA 4: Cidadania e minorias
Local: Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Terezinha Silva (PPGJor UFSC) e  Jorge Kanehide Ijuim (PPGJor UFSC)

  • Representações sociais dos povos Romani (ciganos) no jornalismo brasileiro – Anaíra Sousa de Moraes Sarmento
  • Percepções sobre cidadania e direitos humanos entre repórteres – Criselli Maria Montipó
  • Acessibilidade comunicativa em telejornalismo universitário – Letícia Paola Beilfuss
  • Imprensa e a base de Alcântara: onde estão os quilombolas na cobertura jornalística do acordo Brasil – Estados Unidos? – Marisvaldo Silva Lima
  • O jornalismo que interessa aos jovens moradores de periferias – Marli Paulina Vitali
  • Jornalismo e pobreza: as vozes das classes populares na reportagem televisiva – Rafael Rangel Winch


16 de outubro/2019 – QUARTA-FEIRA

9h às 11h – MESA 5: Teorias do jornalismo, crítica de mídia e valores profissionais
Local: Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Samuel Lima (PPGJor UFSC) e Jacques Mick (PPGJor UFSC)

  • Imprensa e educação: A posição editorial dos principais jornais brasileiros a partir da proposta política do movimento Escola Sem Partido – Alexandro Kichileski
  • Hegemonia e práxis jornalística contra-hegemônica – Clarissa Peixoto
  • Notícias autodestrutivas: produção de conteúdo jornalístico na Pós-modernidade – Ingrid Pereira de Assis
  • Autocrítica jornalística pelo trabalho dos ombudsmans – Juliana de Amorim Rosas
  • Jornalismo e democracia no Brasil: uma trajetória de pesquisa – Marcionize Elis Bavaresco
  • Complexidades identitárias em Santa Catarina: Análise de narrativas de rivalidade entre times catarinenses na mídia esportiva impressa local – Matheus Simões Mello
  • Percurso metodológico para avaliar a correlação das condições laborais dos jornalistas e a qualidade da informação – Janara Nicoletti

13h às 15h – MESA 6: Jornalismo e práticas pedagógicas
Local: 
Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Rita Paulino (PPGJor UFSC) e Isabel Colucci

  • Da pauta ao play: metodologia para desenvolvimento de newsgames como ferramenta jornalística – Carlos Nascimento Marciano
  • Contribuições da África para o ensino de Jornalismo: as experiências de Angola, Moçambique e Cabo Verde – Edwin dos Santos Carvalho
  • Lacunas em torno da socialização de conhecimentos pelo jornalismo – Janaíne Kronbauer dos Santos
  • Desafios e potencialidades do jornalismo popular em sua relação com a comunicação comunitária – Juliana Freire Bezerra
  • O ensino de jornalismo em meio a transformações do ambiente midiático e a novas diretrizes curriculares nacionais – William Boessio

15:30h às 17:30 – MESA 7: Jornalismo e Gênero
Local: Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Carmen Rial e Valentina Nunes

  • Quebrando o teto de vidro: como as mulheres jornalistas saem da mídia tradicional e vão experimentar um enfoque de gênero na mídia independente – Andressa Kikuti Dancosky
  • Crítica feminista acadêmica ao jornalismo – Gabriela Cavalcanti Carneiro de Almeida
  • Os discursos das revistas feministas online – Gabriela Schander Braga
  • Jornalismo feminista em atuação na América Latina – Jéssica Gustafson Costa
  • Dimensões de análise da produção radiofônica informativa para o público feminino – Juliana Cristina Gobbi Betti
  • O jornalismo e a construção de representações sociais das candidatas à vice-presidente na campanha eleitoral de 2018 – Keltryn Wendland

18:30h às 20:30h  – MESA 8: Rotinas produtivas no jornalismo
Local: 
Sala Drummond, bloco B, Centro de Comunicação e Expressão
Mediação: Valci Zuculoto e Flávia Guidotti

  • A participação da audiência na produção e distribuição do jornalismo transmídia – Ana Carla Pimenta
  • Potencialidades e fronteiras da circulação da notícia em redes sociais: um estudo de caso dos oito anos da Folha de S.Paulo no Facebook – César Rosati
  • Valores-notícia incorporados ao jornalismo a partir de sites de redes sociais – Ingrid Cristina dos Santos
  • Programação Radiojornalística Maranhense – Nayane Cristina Rodrigues de Brito
  • Aspectos históricos e inovadores do telejornalismo local catarinense: um estudo de caso do Bom Dia Santa Catarina – Paulo Mueller
  • Reflexões sobre uma pesquisa de campo de corte etnográfico – Silvio da Costa Pereira